Relatório Mensal | Abril de 2022

No cenário global, a inflação continua bastante pressionada. Os bancos centrais de vários países desenvolvidos, com destaque para o FED, iniciaram seus ciclos de aperto monetário para combater a alta generalizada de preços. Entretanto, o conflito na Ucrânia e a política de combate ao vírus na China, são riscos que podem manter a inflação persistente por mais tempo.

Com isso, em abril tivemos mais um mês difícil para ativos de risco. Os juros de 10 anos nos EUA subiram aproximadamente 60bps para 2,93% no final do mês, e no início de maio já estão negociando em torno de 3%. As bolsas também tiveram um mês difícil, com o S&P500 caindo 8,79% no mês e o Nasdaq, mais concentrado em empresas de tecnologia, caindo cerca de 13%.


Veja a íntegra do Relatório Mensal de Abril de 2022.