Carta Mensal | Junho de 2020

Semanas atrás, ao ler a coluna de um analista macro que sigo há anos, lembrei de uma reunião que tive com David Einhorn uma das grandes lendas do mercado financeiro (ele antecipou a quebra da Lehman Brothers em 2008 Além de ser um investidor detalhista e Florêncio, ele também é um famoso jogador de pôquer (o fundo dele, Greenlight Capital, se especializa em shorts, ou apostar na queda de certas ações). Embora eu não tenha a intenção de apresentar aqui os inúmeros paralelos que jogos de azar têm com o mercado financeiro, tenho certeza que não serei o último a fazê lo. Mas me pareceu certo traçar um paralelo com uma disciplina que depende tanto de uma leitura contextual e que lida com tomada de decisões baseadas em informações incompletas. Pôquer e finanças nunca foram tão correlatos como hoje o Índice de Incerteza de Política Econômica Global nunca esteve tão alto.


Nessa toada, podemos separar investidores em duas categorias amplas jogadores de blackjack e jogadores de Pôquer. Para quem não conhece a mundo dos contadores de cartas (geralmente em blackjack recomendo ler o livro Bringing down the House ou assistir o filme 21 sobre a história real do time de jogadores de blackjack do MIT em Boston Geralmente, os jogadores de blackjack de elite têm uma vantagem estatística (por serem capazes de calcular a probabilidade das cartas que sobram no deck a ser distribuído) que pode não funcionar com todas as apostas, mas durante longos períodos de tempo, e com uma boa gestão de risco, pode gerar bons resultados. A performance dessa empreitada também está relacionada à gestão de risco das apostas, que tendem a ser maiores à medida que a estatística está a favor do jogador. Mas aqui vai um paralelo menos explorado. Pense nos jogadores de blackjack como investidores orientados em fundamentos os dados são quantificados para diminuir a chance estatística de fazer uma aposta errada. São os Value Investors, Factor Investors, Long Only, Long Short e Long Biased.


Os jogadores de pôquer, entretanto, reconhecem que no curto prazo suas fortunas dependem da leitura dos outros participantes tanto quanto, se não mais do que suas cartas. Para eles, mudanças de sentimento, fluxo e

narrativa Global derivam decisões táticas de investimento. São fundos Macro, Tape Readers Quants e trend

followers.

Veja a íntegra da Carta Mensal de Junho de 2020.

V8 Capital Gestão de Investimentos Ltda.

Rua Samuel Morse, 74, cj 33, São Paulo, SP

Tel: +55 11 5502 0200

Email: ri@v8capital.com.br

Leia o prospecto e o regulamento antes de investir. Rentabilidade passada não representa garantia de rentabilidade futura. A rentabilidade divulgada não é liquida de impostos. Fundos de investimento não contam com garantia do administrador, do gestor, de qualquer mecanismo de seguro ou Fundo Garantidor de Crédito – FGC. Não há garantia de que este fundo terá o tratamento tributário para fundos de longo prazo. Os fundos multimercados podem estar expostos à significativa concentração em ativos de poucos emissores, com os riscos daí decorrentes. Este fundo utiliza estratégias com derivativos como parte integrante de sua política de investimento. Tais estratégias da forma como são adotadas, podem resultar em perdas patrimoniais para seus cotistas. Os indicadores econômicos são meras referências econômicas, e não metas ou parâmetros de performance. Este FUNDO tem menos de 12 (doze) meses. Para avaliação da performance de um fundo de investimento, é recomendável a análise, no mínimo, 12 (doze) meses.